quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Entendendo o que é: primer, base, corretivo

Olá lindezas que fazem parte do clube da beleza, tudo bem com vocês?
#manualdaautomaquiagem #clubedabelezaemaquiagem

Como sabem e podem imaginar amo escrever aqui para vocês, e claro que não podia deixar vocês sem, e com está dúvida, acredito que nem todos saibam qual a diferença entre todos estes produtos de maquiagem.

Então este post é um complemento do Manual da Auto Maquiagem que estou escrevendo aqui para vocês.
Eu espero muito que gostem.

Vamos lá então:

Bom a gente vê muita gente por ai usando maquiagem e de repente ela começa a derreter, ou sumir da pele, os olhos começam a marcar as linhas de expressão, em fim, ... a maquiagem começa a ficar horrorosa, ou o corretivo craquela.
Bom para evitar com que isto aconteça precisamos usar um primer antes aplicação da base.

Mas o que é primer ???

O primer como o nome é o primeiro produto que se aplica na pele, após ela está limpa e hidratada para receber a maquiagem.

Qual a função do primer?

O primer tem a função de disfarçar linhas de expressão, poros abertos, hidratam e aumentam a durabilidade da maquiagem. Deixa a maquiagem com aspecto mais bonito, alguns controlam a oleosidade e brilho.
 

Quais os tipos de primers existem?

Existe hoje no mercado, o primer facial que vem antes da base.

O primer de olhos, que vem antes das sombras e serve para fixar e potencializar mais as sombras aplicadas.

E o primer labial, que vai hidratar mais seus lábios e fazer o batom escolhido durar mais na boca.

Todo mundo pode usar?

Sim, todo mundo pode e deve usar antes da base sempre, existe hoje no mercado variados tipos de primer, para todos os tipos de pele.
Bom depois de ter aplicado o primer, ai sim depois de alguns minutos podemos aplicar a base.

O que base?


A base é apenas uma película de correção da pele, para corrigir o seu tom de pele do rosto com o restante do seu copo.

Geralmente temos o tom de pele do rosto até 2 ou 3 tons mais claros que o resto do corpo, principalmente do pescoço e colo. Para isso usamos a base para poder corrigir esta diferença de tons.

Qual a função da base?

A base tem a função de dar uma acabamento a sua pele, de cobrir as imperfeições como manchas, espinhas, sardas, minimizar linhas de expressão.

Como escolher a tonalidade certa de base para mim?

A cor da base correta você deve testar no seu pescoço, próximo ao maxilar, e aguardar mais ou menos uns 10 minutos após a aplicação, a base deve desaparecer na sua tonalidade de pele no pescoço.Porque aguardar? porque algumas bases elas oxidam na pele, e algumas podem ficar mais clara ou mais escuras depois de aplicada.

Como escolher para meu tipo de pele?

  • Pele oleosa: para pele oleosa a base facial deve ter acabamento fosco, ou seja, sem contraste, sem brilho e geralmente isentas de óleo. Opte por uma base "não-comedogênica" (leve, com estrutura química não-gordurosa, sem potencial para entupir os poros). Escolha uma base líquida de efeito ‘mate’ para esconder o brilho da pele por mais tempo.
  • Pele mista a normal: utilize um acabamento semi-fosco que tem brilho mínimo. Em geral, é base isenta de óleo ou aquosa com um conteúdo mínimo de óleo.
  • Pele seca: O ideal é usar a base líquida que dá cobertura neutra, com pH balanceado, sem alterar a pele. As bases para pele seca em geral são mais aquosas e contêm mais óleo, além de também hidratar mais a pele.

Tipos de bases:

  •  Ultra fluida: é praticamente transparente e garante um efeito luminoso, ideal para um look mais leve e bem natural. Pode ser usada no dia a dia e em todos os tipos de pele. Combina fator de proteção solar, hidratação e baixa cobertura - pois não é capaz de cobrir cicatrizes e grandes espinhas ou manchas. 

  •  Stick: como se fosse um bastão, pode ser usada como base e corretivo. Garante boa cobertura, mas pode ser um pouco oleosa. Portanto, cuidado. O ideal é que ela seja usada mais a noite e em dias mais frios. Aplique no rosto com os dedos ou com uma esponja para espalhar melhor. 

  • Compacta: com cobertura leve ou média, é capaz de fazer um look natural. Use bem pouquinho com a ajuda de uma esponja para fazer uma cobertura transparente. 

  • Líquida: fácil de aplicar, dá um efeito muito natural, pois você pode controlar a quantidade de cobertura na pele com um pincel. Para não correr o risco de ficar com espinhas, verifique se é formula não contém óleo. 

  • : garante uma cobertura média, ainda maior do que a base compacta. Ideal para peles oleosas porque o pó ajuda a absorver a oleosidade do rosto. Prefira as versões minerais, que são sem óleo e contêm ingredientes benéficos, e aplique com pincel molhado ou seco. 


  • Creme a pó ou duo base: é o meio termo entre pó e líquido cremoso e garante uma cobertura bem potente. Se for usar de dia, certifique-se de que o visual não ficou pesado, pois essa textura pode deixar a o rosto artificial e enfatizar as rugas, especialmente se a sua pele for seca ou se estiver descamando. Aplique com uma esponja seca para um efeito mate ou umedeça com água termal para uma maquiagem mais transparente. 


  • Pancake: lançado no filme ...E o Vento Levou, essa versão super pesada da base foi a solução encontrada para substituir uma pasta gordurosa e brilhante que os maquiadores de cinema usavam nos atores e que refletia a cor das roupas e do cenário no rosto deles. Como é uma versão bem antiga da base, fique longe! 

Fonte:http://entretenimento.r7.com/

Após a gente ter seguido estes passos, de aplicar o primer e a base, a gente vai aplicar o corretivo.
Mas ai a gente pergunta porque usar o corretivo, como sei qual cor da certo para mim, é necessário o uso?

Corretivo o que é e para que serve?

Como o próprio nome já diz, ele é um corretor, ele vem para terminar de corrigir o que a base não conseguiu e uniformizar o tom de sua pele.
Ele vai corrigir as imperfeições da sua pele, como as espinhas, manchas, sardas, olheiras, vitiligo.

Como escolher a cor ideal?

Geralmente o corretivo indicado para cada tom de pele é sempre um tom mais claro que o seu tom de pele para dar um up no caso de olheiras ou seja iluminar e o seu tom de pele para cobrir manchas e não estourar nos flashes da vida.
Tomem muito cuidado na escolha do corretivo, pois se ele for muito mais claro que seu tom pele na aplicação você pode ficar parecendo um panda invertido.

Mas e os corretivos coloridos?


Os corretivos coloridos eles devem ser aplicado por baixo da base e após a aplicação dele deve se cobri-lo com o corretivo tom de pele. Ele é usado de acordo com a sua cor de mancha.

Por exemplo:


Tipos de corretivos:


  •  Líquido: mais fluido, tem uma cobertura mais leve, deixando o resultado mais natural. Evite utilizá-lo se sua pele foi muito oleosa.
  • Em bastão ou cremoso: mais espesso, muito utilizado para cobrir olheiras por dar uma cobertura maior.
  • Em pó: normalmente aliado às vantagens de uma maquiagem mineral, este tipo de corretivo é ideal para peles oleosas e sensíveis. 

Quando devo usar o corretivo?

O corretivo você pode usar sempre que quiser, para corrigir principalmente as olheiras ou marquinhas.
Não existe uma regra para se usar o corretivo. Porém euuuu, uso corretivos por baixo da base para corrigir as minhas imperfeições. E cubro com a base para terminar a cobertura, porém na área das olheiras não sobrecarrego a base apenas esfumo o resto de base que fica no pincel com o corretivo já aplicado apenas para mesclar a base e o corretivo.

Bom pessoal por hoje foi só espero muito que tenham gostado deste post. E não deixem de responder as pesquisas ao lado, elas são muito importantes.
Bjs e até o próximo.
Image and video hosting by TinyPic